Dalí… a cidade bilhete-postal

Dalí é uma pequena cidade da região de Yunnan, que se destacou por estar localizada na rota comercial entre a China e a Birmânia e que apesar de ter perdido importância com o encerramento deste acesso soube tirar partido das suas características arquitectónicas para se tornar num local turístico, atraindo milhares de visitantes, maioritariamente chineses, que aqui vêm em excursão de um dia ou optam por ficar mais tempo atraídos pela pitoresca calma da vila.

A parte antiga de Dali concentra-se no interior de grossas mas baixas muralhas, formando um quadrado, com uma porta em cada uma das faces, orientadas segundo os pontos cardinais. Destas portas ornamentadas com elaboradas construções em madeira pintada de corres garridas e que contrasta fortemente com o cinzento das pedras que forma as muralhas, fica-se com uma ideia clara da localização privilegiada da cidade, que de um lado tem a presença maciça de uma aparentemente intransponível cadeia montanhosa, de onde escorrem pequenos riachos que atravessam a cidade, desaguando no Lago Dian (Diãn Chí) que se encontra do lado oposto.

O cinzento da pedra que serve de base à maioria das construções e a argila usada no fabrico das características telhas que uniformemente cobrem as casas de Dalí, fazem da cidade uma mancha cinzenta e baça que destoa no azul do céu que pontuado de espessas nuvens brancas emoldura quase sempre a paisagem.

As ruas principais são exclusivamente dedicadas à venda de artigos tradicionais da região, entre tecelagem e ourivesaria, produtos alimentares onde domina a carne seca e os doces à base de flores, amuletos e roupas inspirados nos trajes tradicionais dos diversos grupos étnicos e muitas lojas de chá, pelo qual a região de Yunnan é famosa.

À noite os inúmeros restaurantes enchem-se, animando as ruas com música ao vivo, ao longo das quais artesãos expõem os seus trabalhos, numa abordagem mais criativa e alternativa do artesanato da região.

Em Dalí predomina a etnia Bai, cujos trajes tradicionais são somente envergados pelas guias que conduzem grandes grupos de turistas chineses pelas ruas da cidade, em silenciosos veículos elétricos, visitando museus e templos e passeando pelas muralhas que rodeiam a parte antiga da cidade.

De Dalí fica uma turística e pitoresca cidade, calma e organizada, mas onde falta uma certa espontaneidade, respirando-se uma atmosfera de “bilhete-postal”. O pequeno mercado situado num dos cantos da muralha destoa deste ambiente oferecendo um pouco de colorido e de exotismo pela diversidade dos produtos expostos, alguns difíceis de identificar aos olhos de um ocidental pouco habituado à gastronomia chinesa.

Dalí
Dalí
Dalí
Dalí
Dalí
Dalí
Ao fim do dia, numa das maiores praças da cidade reúnem-se mulheres que ao som de musica chinesa praticam exercício que mais se assemelha a uma dança
Ao fim do dia, numa das maiores praças da cidade reúnem-se mulheres que ao som de musica chinesa praticam exercício que mais se assemelha a uma dança
ao longo de algumas das ruas, correm pequenos riachos
ao longo de algumas das ruas, correm pequenos riachos
Dalí
Dalí
Um das portas de acesso à cidade antiga de Dalí que se encontra cercada por espessas muralhas
Um das portas de acesso à cidade antiga de Dalí que se encontra cercada por espessas muralhas
Dalí
Dalí
Dalí
Dalí
Dalí
Dalí
Uma das ruas principais de Dalí, totalmente dedicadas ao comércio de produtos locais pelos quais esta região da província de Yunnan é famosa, como doces feitos à base de flores, carne seca, e especialmente o chá
Uma das ruas principais de Dalí, totalmente dedicadas ao comércio de produtos locais pelos quais esta região da província de Yunnan é famosa, como doces feitos à base de flores, carne seca, e especialmente o chá
Dalí
Dalí
Dalí
Dalí
Mercado de Dalí
Mercado de Dalí
Mercado de Dalí
Mercado de Dalí
Mercado de Dalí
Mercado de Dalí
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Vendedor de doces numa das ruas principais de Dalí
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Muralha que circunda a cidade e de onde é possível ver o lago

População: 110.000 habitantes

Altitude: 1900 m

Deixar uma resposta