Viajar de comboio pela China.. fácil, fácil

A estação de comboios de Kunming mais se parece com salas de embarque de um aeroporto, com controle de segurança das bagagens, verificação dos bilhetes, e com as suas várias portas, cada uma identificada com o numero do comboio e o destino, e onde eficientes funcionários validam os bilhetes, e a partir das quais os passageiros são directamente encaminhados para a o cais de embarque. À porta de cada uma das carruagens que compõem o comboio, encontra-se um formal funcionário, envergando uma autoritária e complexa farda de aparência militar, num gesto seco direccionam os passageiros para as respectivas carruagens.

À entrada do comboio somos recebidos pelo som de uma orquestra de música clássica, cujo tom épico evoca a chegada da cavalaria que vai crescendo de intensidade, enquanto os passageiros procuram pelo lugar e acomodam as bagagens, até atingir o auge no momento exacto em que o comboio inicia a sua marcha. Segue-se uma longa sequência de instruções ou informações, proferidas em chinês, que os passageiros parecem ignorar, absorvidos pelos vários dispositivos electrónicos, entretidos com jogos, mensagens, fotografias e conversas telefónicas, comida e bebidas.

Esta viagem, assim como a anteriormente realizada entre Kunming e Dali, ofereceu grande conforto, não só pela qualidade das carruagens como pela bom estado da via, que aparenta ser relativamente nova, oferecendo amplas estações com generosos  cais de passageiros, aparentemente sobredimensionados para a actual procura.

Deixar uma resposta