Mandvi, Kutch

posted in: Gujarat, Índia | 1

Depois de um intenso dia que começou bem cedo com mais uma visita ao Raan de Kutch para observar os cambiantes de luz com o nascer do sol, a despedida da família que nos ofereceu jantar e local para pernoitar em Dhardo, a intensa visita ao Mosteiro Tântrico de Than, e dos muitos quilómetros percorridos de mota passando das dramáticas paisagens áridas, para extensos campos de algodão, onde o intenso sol tornam a viagem penosa, tornaram urgente a chegada a Mandvi.

A cidade, outrora importante na rota comercial britânica e como porto de pesca, situa-se estrategicamente no amplo estuário que desemboca no Mar Arábico, que faz com que o rio avance e recue até quase ficar sem caudal, ao sabor das marés. Dos tempos áureos resta um animado bazar e os esqueletos de barcos de madeira inacabados ou simplesmente abandonados.

Mandvi, cercada revelou-se um prazer para o paladar, onde pequenas lojas espalhadas pelo bazar, onde coexistem pacificamente as culturas hindus e muçulmanas, oferecem picantes e apetitosos snacks, que combinam com os doces, onde sobressai o aroma do cardamomo.

Ao longo do estreito bazar, movimentado e intenso de actividade, com as cores brilhantes dos sarees a enfeitarem lojas, os cheiros do chai carregado de especiarias, os vendedores ambulantes de fruta que lentamente que deixam o aroma fresco das guavas (goiabas) e as buzinas das motas que sobressaltam os sentidos, é possível encontrar um sorriso simpático, um tímido “hello”, um pedido para posar para uma fotografia ou um olhar curioso, numa cidade que raros estrangeiros recebe.

Fica a memória do cheio a maresia, a hospitalidade dos habitantes e a deliciosa comida, tudo envolto numa atmosfera descontraída e relaxante.

Mandvi cativou.

Mandvi
Mandvi
Mercado de Mandvi
Mercado de Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Moagem de farinha numa pequena loja do bazar de Mandvi
Moagem de farinha numa pequena loja do bazar de Mandvi
Vendedor ambulante no bazar de Mandvi
Vendedor ambulante no bazar de Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Estuário do rio que desagua em Mandvi durante a maré baixa
Estuário do rio que desagua em Mandvi durante a maré baixa
Construção artesanal de barcos de pesca mas que actualmente se encontra praticamente abandonada
Construção artesanal de barcos de pesca mas que actualmente se encontra praticamente abandonada
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
praia de Mandvi, pouco popular para banhos mas local de passeio
praia de Mandvi, pouco popular para banhos mas local de passeio
Calendário pendurando numa parede de um restaurante de Mandvi, onde se pode ver a correspondência entre a numeração ocidental e a numeração usada no Gujarat, que assim como e língua e o alfabeto difere do hindi
Calendário pendurando numa parede de um restaurante de Mandvi, onde se pode ver a correspondência entre a numeração ocidental e a numeração usada no Gujarat, que assim como e língua e o alfabeto difere do hindi
Mandvi
Mandvi
Mandvi
Mandvi

Alojamento:

Hotel Sea View, com vista para o rio

Quarto duplo com wc: 450 INR (após negociação)

Nem bom, nem mau… um anónimo hotel, mas onde a localização do quarto no ultimo andar dava acesso a um amplo terraço com vista para o estuário

 

Hotel Sea View em Mandvi, perto do estuário
Hotel Sea View em Mandvi, perto do estuário

 

Onde comer:

Mandvi destacou-se pela comida de rua, com a oferta de snack, muitos combinando o doce com o salgado, as intensas especiarias e o picante chili.

A melhor opção é deambular pelo bazar e seguir os sentidos.

um das bancas de venda de chai, que
um das bancas de venda de chai, que no Gujarat ganha um aroma mais intenso com a adição de gengibre
Alguns dos snacks que se podem encontrar nas lojas espalhadas ao longo do bazar
Alguns dos snacks que se podem encontrar nas lojas espalhadas ao longo do bazar
Na parte de fora das muralhas, junto à porta de acesso à parte mais antiga da cidade é possível encontra nestes restaurante que serve kutchhi dabeli, especialidade da região de Kutch mas que também se pode encontrar um pouco por todo o Gujarat
Na parte de fora das muralhas, junto à porta de acesso à parte mais antiga da cidade é possível encontra nestes restaurante que serve kutchhi dabeli, especialidade da região de Kutch mas que também se pode encontrar um pouco por todo o Gujarat
o popular kutchhi dabeli, típico da região de Kutch mas que se pode encontrar um pouco por todo o Gujarat, e que consiste numa espécie de hambúrguer recheado de uma pasta à base de tomate, cebola e fortemente condimentado. a acompanhar o chaar, também conhecido por butter-milk
o popular kutchhi dabeli, típico da região de Kutch mas que se pode encontrar um pouco por todo o Gujarat, e que consiste numa espécie de hambúrguer recheado de uma pasta à base de tomate, cebola e fortemente condimentado. a acompanhar o chaar, também conhecido por butter-milk

Transportes:

Mandvi situa-se a 60 quilómetros a sul de Bhuj, sendo possível aqui chegar de autocarro; contudo a melhor opção é o aluguer de moto.

De uma forma geral as estradas do estado do Gujarat encontram-se em bom estado de conservação sendo visíveis as melhorias em termos de sinalização e de pavimento, o que juntamente com o escasso tráfego, torna o aluguer de mota, na melhor opção para visitar Kutch. No arredores de Bhuj e na zona sul de Kutch, em especial perto do porto de Mundra o tráfego é mais intenso em especial de veículos pesados.

Nas zonas mais remotas a norte, as estradas são mais estreitas e a orientação baseia-se em inquirir quem circula nas estradas, geralmente pastores, que prontamente apontam a direcção a tomar.

  1. Joaquim Gomes

    Obrigado por mais esta belíssima viagem Continuação de óptima visita Boas festas Bj

    Enviado do meu iPad

    No dia 22/12/2014, às 14:30, Stepping Out of Babyl

Deixar uma resposta